terça-feira, 9 de março de 2010

E LÁ VAMOS NÓS...

Era o final de mais um domingo no Brique, quando presenciei uma dessas cenas interessantes que te chamam a atenção.
Um grupo de "sombras" interagia com as pessoas que ali estavam.
Sem pensar em nada, simplesmente fotografei o momento.
Mas olha que engraçado, esse sujeito na beira da calçada.
É parecido comigo, ou melhor dizendo, conosco.
E lá vamos nós...
Nós e nossas crenças, nossas convicções, nossas certezas e incertezas.
Se pudéssemos nos ver, assim de fora, seríamos quase sempre cômicos.
Quanto tempo se perde discutindo pontos de vista, opiniões, posicionamentos, quando no entanto bastaria ser.
Mas ser de verdade, ser por inteiro, com sinceridade.
Aparentemente, talvez não mudasse muita coisa, mas estaríamos menos em conflito com as nossas sombras.
Essas criaturas que nos seguem de maneira implacável, querendo decidir coisas prontas e que estão prestes a acontecer por si só, para o nosso bem.
Claro, se não fosse essa mania de questionar o inquestionável, como se a opinião que temos a respeito de algo fosse mais importante que a própria coisa em si.
Luís Poeta

3 comentários:

  1. Luís querido

    muito bom!!!!!!!
    Saudade de você!

    com carinho

    Zulmira

    ResponderExcluir
  2. valeu Luis,por colocar afoto do meu Fusquinha 68,fica aquele abraço.

    ResponderExcluir